Portal atualizado em: 26 de novembro de 2022 às 18:49h

Festival do Atum do Rio Grande do Norte inicia no próximo sábado em Areia Branca com corredor gastronômico e shows de Elba Ramalho, Cavaleiros do Forró e Dorgival Dantas

Início Festival do Atum do Rio Grande do Norte inicia no próximo sábado em Areia Branca com corredor gastronômico e shows de Elba Ramalho, Cavaleiros do Forró e Dorgival Dantas

A abertura oficial do evento acontece nesta sexta-feira (11) com entrega de certificados aos pescadores que se qualificaram como Pescador Profissional Especializado.  Já no sábado (12), domingo (13) e segunda-feira (14), nos dias de festa, os principais restaurantes da cidade vão ofertar pratos e especiarias a base do atum, e a cada noite, na abertura do festival, haverá degustação gratuita das iguarias

A Prefeitura de Areia Branca realiza a 3ª edição do Festival do Atum do Rio Grande do Norte – De Areia Branca para o mundo. A abertura oficial do evento será nesta sexta-feira (11) com a entrega dos certificados a 31 pescadores que participaram do curso Pescador Profissional Especializado (PEP) ofertado pela Marinha do Brasil em parceria com a administração municipal. O curso regularizou os pescadores a atuar a 50 milhas náuticas. A próxima etapa de capacitação inicia na segunda-feira (14) a fim de regularizar os participantes com Pescador Profissional (POP). A cerimônia de entrega dos certificados, com a presença da prefeita Iraneide Rebouças, vai acontecer no Hotel Costa Atlântico à partir das 10 horas da manhã.

Já a partir do próximo sábado (12), seguindo no domingo (13) e segunda-feira (14), véspera de feriado, acontece o evento aberto ao público no calçadão da praia de Upanema com corredor gastronômico e praça de alimentação para 500 pessoas animada todos os dias, a partir das 18 horas, pelo “Forró do Pai D’egua”.

O Festival do Atum do Rio Grande do Norte – De Areia Branca para o mundo terá ainda shows na orla com Elba Ramalho, Cavaleiros do Forró e Dorgival Dantas. Após a pandemia, o festival retorna com uma roupagem contemporânea passando a ser a ser realizado em um dos cartões postais de Areia Branca que é a praia de Upanema.

 

 

 

 

Os maiores e mais renomados restaurantes da cidade vão estar presentes no corredor gastronômico oferecendo aos turistas e visitantes pratos e iguarias a base de atum. Toda a noite, na abertura do festival, acontecerá uma rodada de degustação gratuita dos petiscos elaboradas com o rico pescado. Entre os estabelecimentos confirmados estão:

Fenda do Biquíni
Cais do Chopp
Barlavento
Bonsai
O Rasta
Hotel Costa Atlântico
Vinhedos do Vale
Cervejaria Artesanal Cabocla
Como também estandes de artesanato e das empresas Norte Salineira (Norsal) e do provedor de internet Supernet Telecom.

 

FESTIVAL DO ATUM DO RN

O Festival do Atum do Rio Grande do Norte teve sua primeira edição no ano de 2018 com o objetivo de divulgar para todo o Brasil, e também para o mundo, os números deste pescado no município que representa o maior quantitativo do Rio Grande do Norte, da região Nordeste e do Brasil. A importância do atum para a economia de Areia Branca é tanta que, em 2019, no segundo e ultima edição do festival, antes da pandemia, o Areia Branca recebeu da Assembleia Legislativa o título de Capital Estadual do Atum.

Prefeita Iraneide Rebouças

O Festival do Atum é de fundamental importância para o desenvolvimento de nossa gastronomia, onde queremos tornar o atum um prato típico areia-branquense, além de aquecer nossa economia e o nosso turismo. E esse ano o evento está em um lugar, como dizem os jovens, ‘instragramavel’, e com isso esperamos uma maior participação de turistas de todo o Rio Grande do Norte e de estados vizinhos que gostam de apreciar novos sabores e, com certeza, vão se deliciar com os pratos a base de um pescado rico em nutrientes, que faz bem ao coração, ao cérebro e sistema imunológico”, disse a prefeita Iraneide Rebouças.

 

 

 

 

 

PROGRAMAÇÃO

Programação

No sábado, 12 de novembro, abrindo a terceira edição do Festival do Atum do Rio Grande do Norte, a partir das 19 horas, tem o samba raiz do grupo local Sambloco. E, em seguida, a partir das 21 horas, a cantora e compositora Elba Ramalho.

Já no domingo, 13, a festa começa também às 19 horas com o MPB do grupo da terra Som da Ilha, e, as 21 horas, a banda de forró eletrônico, Cavaleiros do Forró.

E, na segunda-feira, 14, véspera do feriado da Proclamação da República, fechando o festival, Lieberth Rodrigues e Banda sobem ao palco com um repertório eclético abrindo à noite para “O Poeta” das composições de amor, o cantor e compositor Dorgival Dantas.

 

SAIBA MAIS SOBRE O ATUM

No Mundo
Encontrado em todos os mares do planeta desde os tempos primitivos, como mostram artes rupestres, moedas cunhadas na antiguidade e registros de pesca de 700 acc. no mar Egeu, o atum é um peixe selvagem que chega a ter, em média, 3,5 metros e pesar mais de 700 quilos. Vive 30 anos, nada de 40 a 90 quilômetros por hora e mergulha até 900 metros de profundidade atrás de sua presa.
O atum foi um rico alimento ao longo da história, influenciando hábitos alimentares no Japão com o sushi e o sashimi que se tornaram populares com a confecção de peixe cru, o atum tornou-se favorito global gerando lucros por sua carne leve e saborosa.

No Rio Grande do Norte
Devido a proximidade com a Cosa Africana, o Nordeste atrai 60% da produção nacional. O Rio Grande do Norte é o maior produtor de atum do Nordeste, concentrando cerca de 70% do fornecimento regional da região — onde destes, 60% é produção de Areia Branca, segundo dados da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Norte (FIERN). Hoje, 85% das exportações do país é do RN. A pesca comercial do atum é um negócio que movimenta mais de 270 milhões de dólares em todo o Brasil, produzindo cerca de 50 mil toneladas por ano.

Atum em Areia Branca
Areia Branca é um ponto ideal de captura e distribuição do atum no Rio Grande do Norte por razões que vão de cultural da pesca (deprimida pela lagosta) até a proximidade das áreas de cardume. Um barco que sai de Areia Branca, por exemplo, alcança esses locais com até 200 milhas de viagem.

A pesca do atum em Areia Branca contribui com a receita de R$ 4 milhões por ano, resulta em 700 empregos diretos e 4 mil indiretos, resultando numa arrecadação de R$ 3 milhões por ano para o Estado. A frota de 64 embarcações licenciadas favorece 60 toneladas ao ano, por cada barco. Em 2021, foram capturados cerca 4 mil e 300 toneladas representando 70% da produção do Rio Grande do Norte. “Grande parte desse total é comercializada para o próprio Nordeste. Os 34 % da produção, de melhor qualidade, segue para as regiões Sul e Sudeste do país, e uma pequena parcela restante é exportada para os Estados Unidos”, informa o engenheiro de pesca, Vinicius Melo Seixas, responsável pela catalogação dos dados.

Prefeita Iraneide Rebouças ao lado de “Tum Tum”, mascote do Festival do Atum do RN.

Por isso passamos a tratar a pesca do atum como uma atividade estruturante do município e do estado, com oportunidade para otimizar seus impactos positivos na geração de emprego, melhoria da renda e na economia em geral”, explicou a prefeita Iraneide Rebouças que ver na consolidação do pescado um símbolo exponencial da economia de Areia Branca, buscando atrair recursos e benefícios para o município, na forma do crescimento do comércio e da indústria”, concluiu a prefeita Iraneide Rebouças.

Compartilhar

Notícias Relacionadas